Veja edital completo do processo seletivo da UAB

31/05/07

   

 

Foi divulgado pela Coordenação de Concurso Vestibular (CCV) o edital completo para processo seletivo da Universidade Aberta do Brasil (UAB). A ficha de inscrição, específica para cada município, estará disponível no período de 4 a 15 de junho. A taxa de inscrição de R$ 40 deve ser paga nesse período nos pontos de atendimento do Banco Popular do Brasil ou nas agências do Banco do Brasil.


O site da CCV (www.ccv.ufs.br) também disponibilizará a ficha para que o candidato tenha a opção de realizar sua pré-inscrição via internet, no período compreendido entre 8h do dia 4 e 18h do dia 14 de junho. A prova será aplicada em 22 de julho e será composta de 40 questões mais uma redação.

Segundo Manuel Leite Torres, coordenador da CCV, a intenção é que as provas sejam realizadas nas próprias cidades que irão abrigar os pólos da UAB em 2007: Areia Branca, Estância, Poço Verde, Porto da Folha, São Domingos, Brejo Grande, Laranjeiras, Japaratuba e Arauá.

"Temos equipes da CCV visitando os municípios e verificando as estruturas disponíveis para a realização das provas", afirma ele.

Ensino semi-presencial

A educação a distância é o processo de ensino-aprendizagem onde professores e estudantes estão separados espacialmente, mas conectados por tecnologias, como a Internet. Esse modelo é adotado pelo Ministério da Educação (MEC) como uma das estratégias de democratização da educação superior pública no Brasil.

Segundo a professora Lílian França, coordenadora do Centro de Educação Superior a Distância (Cesad) da UFS, o método preza pela autonomia que o estudante terá para organizar seus estudos.

O funcionamento dos pólos será de segunda a sábado, das 14 às 22h, com tutores presenciais para tirar as dúvidas dos alunos, mas somente nas provas e nas aulas laboratoriais dos cursos de Física, Química e Biologia a presença é exigida. "Mesmo assim, há um precedente para que ocorram aulas presenciais especiais nos casos de dúvidas por parte da turma".

Haverá um tutor presencial (professor da comunidade) para cada grupo de 25 alunos, e um tutor a distância (professor da UFS) para cada 50 alunos. Esses tutores passarão por cursos para utilizarem as novas tecnologias.

Como a recomendação do MEC é de que os tutores sejam professores da rede pública de ensino, eles passarão por um processo de reciclagem ao ministrar o curso, potencializando suas competências e habilidades. Assim, com a UAB, espera-se uma melhoria na cadeia do ensino em todos os seus níveis.

Computador

Lílian enfatiza o conceito de inclusão do programa dizendo que "o curso é baseado no material impresso, então é possível terminá-lo sem usar o computador".

Mas na concepção da UAB, há também a idéia de inclusão digital. Logo, haverá cursos de informática também para os alunos. "Assim eles estarão aptos ao uso da máquina como ferramenta de aprendizagem", esclarece.

A estruturação dos pólos está sendo conduzida para que até o início das aulas, na última semana de agosto, tudo esteja pronto. O MEC doou 50 computadores para cada um dos quatro primeiros pólos inscritos no programa (Arauá, Areira Branca, Estância e São Domingos). As prefeituras dos demais municípios deverão adquirir os equipamentos dos seus respectivos pólos.

Apesar de ser novidade no ensino público de Sergipe, o modelo semi-presencial já está em atividade por meio de outras instituições no país. No Rio de Janeiro, por exemplo, há um consórcio de EaD entre as seis universidades federais do Estado, que é o Centro de Educação a Distância do Estado do Rio de Janeiro (Cederj).

Desde 2002, o Cederj vem formando professores e este ano foi alcançado um indicador importante. "O número de professores egressos desse modelo se aproxima bastante dos egressos do sistema tradicional", aponta a professora.

Veja a página oficial da UAB na UFS.

Leia também
Liberado edital para 1º processo seletivo da UAB
Confira o edital de isenção para vestibular dos cursos a distância

Ascom
comunica@ufs.br

  

  

 

Entre em contato