Lula se reúne com governadores para discutir educação

07/03/06

 

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva marcou uma nova reunião com os 27 governadores para daqui 90 dias com o objetivo de discutir propostas para a área da educação. Ao contrário da reunião desta terça-feira, na qual foram discutidas a reforma tributária e medidas na área de segurança, o próximo encontro será dedicado exclusivamente para debater a educação.


O objetivo do presidente é apresentar aos ministros do chamado PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) da Educação, que será anunciado oficialmente pelo governo em abril.

Ontem, o ministro Fernando Haddad (Educação) disse que o programa prevê um acréscimo de 0,4% a 0,5% do PIB (Produto Interno Bruto) em investimentos nos próximos anos além dos recursos previstos para a educação no Orçamento da União deste ano. A estimativa do ministro é que sejam adicionados investimentos superiores a R$ 8 bilhões até 2010 para a implementação do Programa --que terá como foco principal o ensino básico.

Segundo o governador José Roberto Arruda (Distrito Federal), a intenção do presidente é aproximar o diálogo do governo com os Estados para implementar medidas na área da educação. "Independentemente de diferenças políticas, partidárias ou ideológicas, o encontro é importante. Na próxima reunião, o tema será educação. O Brasil precisa de qualidade no ensino público e fundamental", disse Arruda.

O ministro Guido Mantega (Fazenda) disse que a intenção do presidente Lula é implantar uma "agenda nacional" com os temas considerados prioritários pelo governo --nas áreas da educação, segurança e do sistema tributário.

"Estamos fazendo um esforço para levar em frente a agenda do desenvolvimento. O objetivo é que os governos estaduais tenham condições de participar do movimento de implantação do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento)", disse o ministro.

  

  

 

Entre em contato