Lula lança pedra fundamental do campus da   UFS em Itabaiana.

O prefeito de Aracaju, Marcelo Déda, acompanhou esta manhã o presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia que marcou o lançamento da pedra fundamental de construção do campus da Universidade Federal de Sergipe (UFS) em Itabaiana. O evento aconteceu logo após a visita do presidente às obras da BR 101, principal rodovia do Estado, que liga Sergipe a Alagoas e Bahia.

Festejada pelo público, a chegada do presidente Lula e do prefeito de Aracaju, Marcelo Déda, reuniu centenas de pessoas em frente ao Caic de Itabaiana, entre crianças e adultos. Assim que chegou, o presidente recebeu uma camisa da Associação Olímpica de Itabaiana, atual campeão sergipano de futebol. Durante o discurso, ele ressaltou que a educação sempre foi uma prioridade em seu governo. “Eu não tive a oportunidade de cursar uma universidade, mas eu quero que vocês tenham hoje a oportunidade que não tive há 20 anos. Por isso nós criamos o ProUni, que em apenas 12 meses colocou 203 mil jovens da periferia na universidade, dos quais, 30% são negros”, relatou o presidente Lula.

Ele afirmou ainda que a idéia do Governo Federal é levar educação de qualidade para todo o interior do Brasil. "São 42 extensões no país este ano. Estamos colocando a juventude na escola. Assim que estiver concluída a obra, irão estudar dois mil alunos aqui neste campus. A mesma oportunidade que é dada à região sul, também buscamos dar ao nordeste. Vamos arrumar o nordeste brasileiro. Disponibilizamos um montante para dez estados e alavancamos o 2º grau nas escolas. Aproveito a presença do reitor aqui, para falar que nenhum presidente recebia reitores para discutir melhorias nas universidades. E eu já recebi todos desde 2003 até os dias de hoje", afirmou Lula.

O presidente Lula fez uma exposição dos dados do programa Bolsa-família em Sergipe. “O Bolsa-família já atendeu 154.800 famílias em todo o Estado, sendo que 24.700 em Aracaju e 8.200 em Itabaiana. Saio daqui com a alegria de perceber que o sonho está se tornando realidade, ao ver a satisfação estampada no rosto das pessoas. Até 2008 o governo federal vai levar luz à casa dos brasileiros. E cada tijolo que é colocado na construção de uma escola será um tijolo a menos na construção de uma penitenciária, isso porque todos terão uma profissão. Estamos nos preparando para exportar a coisa mais sagrada que é a inteligência dos brasileiros”, disse o presidente.

A inauguração do campus da UFS em Itabaiana faz parte do programa de expansão e interiorização das instituições federais de ensino superior. Com orçamento de R$ 600 milhões, o Programa prevê a criação de dez novas universidades federais e 40 novos campi em todo o país. Inicialmente, o campus de Itabaiana vai oferecer dez cursos de graduação nas áreas de Ciências Contábeis e Sistema de Informação, Matemática, Física, Química, Ciências Biológicas, Pedagogia, Letras-Português, Geografia e Administração.
Com 50 vagas por curso, o vestibular já está agendado para o mês de junho e as aulas devem começar em agosto. O novo campus vai funcionar em um Caic cedido pela prefeitura municipal, que já está sendo reformado para as novas funções. O Ministério da Educação firmou convênio com a Universidade Federal de Sergipe, no valor de R$ 10,2 milhões, que serão desembolsados até 2007. Os recursos incluem a reforma do prédio atual, a construção de um outro, no mesmo terreno, e a transformação do ginásio de esportes em um auditório.

A prefeita de Itabaiana, Maria Mendonça, saudou o presidente e sua comitiva mostrando que este foi um momento histórico para o Estado de Sergipe. “Este é o momento que é de suma importância para a região agreste, no qual estamos recebendo pela primeira vez na história, um presidente da República. Só temos palavras de gratidão e reconhecimento pela contemplação de uma extensão da UFS na região”, disse, acrescentando que o prefeito Marcelo Déda teve uma participação decisiva na realização do projeto do campus. Além disso, lembrou à população a implantação da Farmácia Popular e do decreto que vai viabilizar o Parque da Serra de Itabaiana, que receberam apoio do Governo Federal.
O reitor da Universidade Federal de Sergipe, Josué Modesto dos Passos Subrinho, salientou a importância do apoio de todos os que contribuíram para a implantação do projeto, incluindo o prefeito Marcelo Déda. Assim como ele, o senador Antonio Carlos Valadares também discursou sobre a relevância do empenho do prefeito de Aracaju, além de comentar que a extensão da universidade foi um grande presente para aquela região.

Já o ministro da Educação, Fernando Haddad, garantiu que ainda este ano será regulamentado o Fundo da Educação Básica, ao mesmo tempo em que cumprimentava o povo de Itabaiana. Participaram da solenidade de descerramento da placa, a presidenta do Tribunal de Justiça, Marilza Maynard, a governadora de Sergipe em exercício, Marília Mandarino, a deputada estadual Ana Lúcia Menezes, os deputados federais Jorge Alberto, Heleno Silva, Jackson Barreto, além de prefeitos de municípios vizinhos.

  
Fonte: www.aracaju.se.gov.br
 

Entre em contato