Bolsistas do Prouni atingem maiores médias no Enade

10/04/06

   

 

Os estudantes do Prouni (Programa Universidade para Todos) alcançaram médias iguais ou superiores em 14 áreas do conhecimento avaliadas pelo Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira), em 2006.

O bom desempenho dos bolsistas está estampado nas notas obtidas por eles no Enade 2006 (Exame Nacional de Desempenho de Estudantes), cujo resultado parcial, com a correção das provas das instituições particulares, já foi liberado pelo MEC.

O comparativo mostra que em 14 áreas do conhecimento avaliadas no ano passado -- o Enade avaliou 15 e só arquivologia não tinha alunos do Prouni -- a diferença estatística está a favor dos bolsistas. Em nove delas, a diferença foi bem significativa, e nas outras cinco áreas, o desempenho também foi superior.

Veja aqui as tabelas comparativas, que mostram a média da prova de formação geral, formação específica e a média das duas.

Dados
Quando se observa, por exemplo, o desempenho dos alunos da área de administração -- bolsistas do Prouni em relação a não-bolsistas -- a diferença a favor do Prouni passa de sete pontos. Neste caso, os alunos do Prouni obtiveram média de 42,3 pontos; os não-bolsistas, 34,4 pontos, o que representa um diferença a favor dos bolsistas de 7,9 pontos.

No caso da área de biomedicina, a diferença é ainda maior entre os dois grupos: alunos do Prouni alcançaram a média de 45,7 pontos e os não-bolsistas, 36,7 pontos, com uma diferença de 9 pontos a favor dos que têm a bolsa.

O resultado final do Enade só será divulgado em maio, quando o MEC terminar de corrigir todas as provas.

Em 2006, foram 488.906 estudantes convocados para fazer o exame, que avaliou 5.388 cursos, distribuídos por 15 áreas do conhecimento e oriundos de 1.619 instituições de ensino superior.

O Enade avalia o aluno sob duas óticas: a formação geral, que verifica como ele está preparado para viver em sociedade e seu grau de cidadania, e na formação específica, que são os conhecimentos adquiridos no curso que está fazendo.

Prouni
O programa dá bolsas de estudo para alunos de famílias pobres que tenham feito ensino médio em escolas públicas ou em escolas particulares com bolsas de estudo.

As bolsas são integrais para alunos de famílias com renda de até R$ 570 por pessoa e parciais para alunos com renda familiar de até R$ 1.140 por pessoa.

Atualmente, são 228.919 beneficiados pelo programa em todo o país.

Com informações do MEC

  

  

 

Entre em contato